TERAPIA ORTOMOLECULAR


Prevenção, Saúde, Bem Estar e Qualidade de Vida

 

 


Nosso objetivo é fazer algo a mais as pessoas, em busca da prevenção de doenças, levando em conta os seus aspectos físicos, emocionais e energéticos.

A saúde e o bem estar são os fatores mais importantes em nossa vida e todos devem ter a oportunidade de conhecer técnicas complementares para uma vida mais saudável.

Atualmente existe grande procura por tratamentos complementares e essas terapias desempenham um papel muito importante na prevenção de doenças, como no equilíbrio do organismo e sem dúvida em qualidade de vida.

Essas terapias complementares é um modo de gerenciar a saúde, cuja regra é PREVENIR PARA NÃO REMEDIAR.


TERAPIA ORTOMOLECULAR = EQUILÍBRIO OU CORREÇÃO DAS MOLÉCULAS

Palavra " orto " derivado do grego significa correto ou adequado. Na prática correção das moléculas do organismo. O termo foi utilizado originalmente pelo químico e Prêmio Nobel de Química em 1954 LINUS PAULING, estudioso mundialmente conhecido por seus trabalhos e pela ênfase com que recomenda o uso diário de vitaminas (principalmente a vitamina C), descreveu a Terapia Ortomolecular na prevenção das doenças. É um terapia que analise o homem como um todo : físico, emocional e mental.

A terapia ortomolecular é uma terapia individualizada, com necessidades e deficiências diferentes, onde não podemos generalizar e tratar todos igualmente, por esta razão podemos afirmar que, o que é bom para alguns poderá ser veneno para outros.

Não é uma especialidade nova, mas é um método inovador de gerenciar a saúde, tratando o indivíduo como um todo. É uma opção na prevenção de doenças crônicas degenerativas e naquelas em que se sugere a ação dos radicais livres como: envelhecimento precoce, intoxicação por metais pesados, etc.

A terapia ortomolecular não trata a "doença” e sim o "doente” como um todo, avaliando predisposições para determinados males e por acréscimo cuida-se então os sintomas. Buscamos o reequilíbrio do organismo objetivando reforçar a vitalidade das células através de nutrição celular de forma natural e sem efeitos colaterais trazendo inúmeros benefícios a saúde e melhorando a qualidade de vida de cada pessoa.

MAS POR QUE O ORGANISMO SE DESEQUILIBRA?

Para entendermos como isto se dá, podemos partir de uma analogia.O organismo é como uma máquina que está permanentemente se produzindo e trabalhando. Neste processo de produção podem surgir falhas, seja na chegada de matéria-prima (vitaminas, minerais, etc.), seja na própria integração de todo e qualquer sistema que compõe a máquina (ser humano).Estes sistemas devem trabalhar de forma harmoniosa, como uma engrenagem. Estas engrenagens são os sistemas : físico, mental e emocional Qualquer falha em algum ponto ou mecanismo desta máquina (ser humano) compromete toda a produção (vida), surgindo os defeitos (doença). Por exemplo: uma pessoa deprimida tem mais chances de apresentar infecções recorrentes, já que uma falha no sistema psíquico leva conseqüentemente a alterações no sistema imune. Outro fator importante de várias enfermidades, como artrite e câncer, é a formação de radicais livres. Podemos entendê-los da seguinte forma: o organismo utiliza cerca de 98 a 99% do oxigênio que consumimos para produzir energia. A pequena parcela que sobra (1 a 2%) não participa do processo, formando as espécies tóxicas reativas do oxigênio - os radicais livres. Estes correspondem a átomos ou grupos de átomos com um elétron não emparelhado em sua órbita mais externa, sendo, portanto, muito reativos pois para recuperar o equilíbrio precisam 'doar' o elétron desemparelhado. Desta forma, combinam avidamente com as várias estruturas celulares do corpo, o que resulta em destruição e, conseqüentemente, em enfermidades. Entre estas podem ser citadas o câncer, osteoartrite, lúpus, enfisema e doenças cardio vasculares. O Homem está sendo permanentemente submetido a condições que levam ao excesso de radicais livres como, por exemplo, o estresse, o fumo, a poluição, exposições prolongadas ao sol, entre outras. A terapia ortomolecular, através do uso de vitaminas e oligoterapia (minerais), objetiva, entre outros, neutralizar os efeitos tóxicos destas espécies reativas, proporcionando uma melhor qualidade de vida. A terapia ortomolecular também trata das deficiências de uma série de nutrientes. Sabe-se, por exemplo, que um fumante gasta 25 mg de vitamina C a cada cigarro que consome. Caso esta pessoa fume um maço por dia, estará perdendo 500 mg desta vitamina diariamente. E, hoje em dia, sabemos os inúmeros benefícios que esta vitamina proporciona, seja no combate a radicais livres, na síntese de hormônios, ou mesmo estimulando o sistema imunológico. A terapia ortomolecular visa a prevenção de doenças para não evoluir para as doenças. É uma terapia das disfunções (desequilíbrios) e não das lesões (doenças degenerativas). O mais importante é que com a terapia ortomolecular o ser humano volta a ser encarado como um todo, um conjunto que deve funcionar em harmonia. Com esta visão global, qualquer tratamento torna-se muito mais vantajoso, pois encontra a origem dos problemas, a verdadeira raiz, porque encontrando o defeito exatamente onde ele origina-se na máquina (ser humano), é muito mais fácil consertá-la antes que o problema atinja toda a produção, que nada mais é do que a própria vida. A terapia ortomolecular é uma especialidade que procura levar a todos a chance de ter uma vida saudável reativando as enzimas para um envelhecer com saúde, bem estar e qualidade de vida.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DA TERAPIA ORTOMOLECULAR?

Os benefícios são muitos, porque objetivamos o reequilíbrio do organismo, através da desintoxicação do organismo, reeducação alimentar e reposição de minerais ou vitaminas. Podemos ser beneficiados com emagrecimento, ansiedade, stress, melhora na pele, cabelos, unhas, memória, esgotamento físico e mental, cansaço, irritabilidade, resistência diminuída, impaciência, mal humor constante, insônia, depressão, pânico, flacidez, estrias, dificuldade para dormir, sono agitado, medo, tristeza, angústia, desânimo, pessimismo, perda interesse sexual, zumbidos no ouvido, diarréias, formigamento, alergias, resfriados constantes, dores de cabeça, tonturas, intestino preso, pressão alta ou baixa, queda de cabelo, problemas imunológicos, fraquezas, etc. Enfim qualquer problema na fase de disfunção do organismo é indicado.

Dentro da ortomolecular buscamos a prevenção da saúde fazendo a correção das disfunções do organismo de forma harmonioza para que trabalhe em sintonia geral evitando diversos problemas de doenças futuras que são desencadeadas por deficiências que nosso organismo necessita.

QUANTO TEMPO LEVA O TRATAMENTO?
Geralmente de 2 a 6 meses para reequilíbrio orgânico

COMO FUNCIONA O TRATAMENTO?
Através de uma avaliação personalizada e individualizada do indivíduo, correlaciona sintomas e comportamentos à carências de determinadas propriedades terapêuticas.

EXISTEM CONTRA INDICAÇÕES?
A terapia ortomolecular não tem contra indicações e nem efeitos colaterais porque eu principal objetivo é reforçar a vitalidade das células sem efeitos tóxicos, proporcionando o reequilíbrio natural do organismo.

QUALQUER PESSOA PODE UTILIZAR ESTA TERAPIA?
Sim. Como fazemos reposição de minerais reativando as funções adormecidas de cada célula do nosso organismo, visando seu próprio reestabelecimento, a terapia ortomolecular é indicada para qualquer pessoa ( de 0 a 100 anos) que deseja usufruir de saúde e qualidade de vida.



A terapia ortomolecular é uma especialidade que procura levar a todos a chance de ter uma vida saudável reativando as enzimas para um envelhecer com saúde e bem estar.


Principais indicações para terapia ortomolecular

 Alergias

Cabelos fracos

Cansaço

Fadiga

Apatia

Agitação

Insônia

Colesterol alto

Perda de libido

Impotência

Diabetes e pré-diabetes

Falta de concentração

Lapsos de memória

Prisão de ventre

Dores articulares

Aumento de peso

Dificuldade no emagrecimento

Má digestão,

Gordura localizada

Rejuvenescimento

Pele sem viço

Acne

Unhas  quebradiças

 

TERAPIA ORTOMOLECULAR /OLIGOTERAPIA = PEQUENAS DOSES GRANDES EFEITOS
Para remediar estas situações podemos e devemos recorrer aos oligoelementos que são sais minerais, em doses infinitesimais que, tendo sido submetidos a uma manipulação de técnica especial, são ativados (ionizados) obtendo-se assim, íons dos mais variados minerais (metais e metalóides) tais como cobre, ferro, iodo, cobalto, magnésio, manganês, etc. Nestas diluições, os sais assemelham-se ao estado natural dos elementos no organismo que, introduzidos neste, vão desencadear as reações que permitem o restabelecimento do metabolismo enzimático que, por sua vez, restabelece as funções orgânicas e, assim, o reequilíbrio do estado de saúde.
A grande vantagem dos oligoelementos é que sua dosagem é infinitesimal e não provoca efeitos colaterais e nem toxicidade.


Saúde, vida longa e peso ideal
de acordo com seu tipo de sangue

 Segundo o Dr. Peter D´Adamo mencionado no livro " Dieta do Tipo Sanguíneo” O tipo sanguíneo é a chave que abre a porta para os mistérios da saúde, doença, longevidade, vigor físico e força emocional. É ele que determina a suscetibilidade a doenças, os tipos de alimentos que se devem comer quais os exercícios que são apropriados.

Ele é um fator que influi em nosso nível de energia, na eficiência com que "queimamos” calorias, em nossa reação emocional ao estresse e talvez mesmo em nossa personalidade.

É fundamental a relação entre o tipo sanguíneo, as dietas e o modo de vida para que possamos viver em melhores condições. O sangue é a própria vida, ele é a força primitiva que alimenta

Tipos Sanguíneos

A O cultivador , aparelho digestivo delicado e sistema imunológico tolerante. Sedentário, reage melhor ao estresse com atividades relaxante como a ioga ou a meditação. Se dão bem com alimentações vegetarianas. Seguindo essa alimentação, fortalecerá seus sistema imunológico podendo interromper desenvolvimento de doenças mais graves.

B Camaleonico, criativo. Equilibrado, imunológico forte, opções dietéticas mais flexíveis e consumidor de lacticínios. Reage melhor ao estresse com criativade, requer um equilíbrio entre a atividade física e a mental para permancer magro.


AB O mais moderno. O sangue tipo "AB” as pessoas geralmente são mais fortes e mais ativas do que as do tipo "A”, que são mais sedentárias. Reage melhor ao estresse espiritualmente, com vivacidade física e energia criativa. Exercícios físicos o "tai chi chuan” ou "tai chi” é um exercício que aumenta a flexibilidade do movimento corporal, A ioga é também benéfica.

O Os de tipo "O” podem dirigir e metabolizar eficientemente carnes, porque tendem a possuir elevada quantidade de ácido estomacal. Contudo deve ter o cuidado de equilibrar o consumo de proteínas de carnes com a de verduras e frutas apropriadas para evitar a superacidificação que pode causar úlceras e irritação da mucosa estomacal.

A dieta ortomolecular é baseada na reeducação alimentar para que possamos obter maior quantidade de nutrientes possíveis, com menor acúmulo de toxinas residuais ou gorduras, oferecendo ao organismo o necessário para se manter saudável.

Hipócrates já dizia há 400 a.C "QUE NOSSO ALIMENTO SEJA NOSSO REMÉDIO E QUE NOSSO REMÉDIO SEJA NOSSO ALIMENTO” . Podemos optar em não tomar medicamentos mas sem alimentação não temos opção ou comemos ou morremos. Portanto, os alimentos exercem uma influência primordial na saúde e qualidade de vida.

Dieta do Tipo Sanguíneo

Seu tipo sanguineo permite-lhe ajustar a informação sobre saúde e nutrição a seu perfil biológico exato.

Cada dieta do tipo sanguíneo inclui grupos de alimentos:

Benéficos – é um alimento que atua como um remédio

Neutros – é um alimento que atua como um alimento

Prejudicial - é um alimento que atua como um veneno


Emagrecimento com a dieta ortomolecular

Nosso organismo necessita trabalhar em seu ritmo, ingerindo alimentos saudáveis, respeitando as intolerâncias alimentares de cada grupo sanguíneo necessita, assim poderemos atingir ótimos resultados.

A terapia ortomolecular recomenda a reeducação aliimentar de acordo com tipo sanguineo  e outras abordagens terapêuticas em favor do emagrecimento, da saúde e da beleza.

Dentro deste princípio é possível perder peso saudavelmente sem milagres ou medicamentos, mudando antigos hábitos alimentares, buscando o equilibrio com as abordagens terapêuticas  e diminuindo alimentos de forma correta com substituições de alimentos saudáveis ao seu tipo sanguíneo, certamente alcançaremos o objetivo que é o emagrecimento com saúde!

 



DICAS DA TERAPIA ORTOMOLECULAR

1. DIFICULDADE DE PERDER PESO.
O QUE ESTÁ FALTANDO: ácidos graxos essenciais e vitamina A.
ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão - além de suplementos específicos

2. RETENÇÃO DE LÍQUIDOS.
O QUE ESTÁ FALTANDO: na verdade um desequilíbrio entre o potássio, fósforo e sódio.
ONDE OBTER: água de coco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa, nozes, acelga, coentro e os suplementos

3. COMPULSÃO A DOCES.
O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo
ONDE OBTER : cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre, cenoura + suplementos.

4. CÂIMBRA, DOR DE CABEÇA.
O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio.
ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja

5. DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL
O QUE ESTÁ FALTANDO : lactobacilos vivos.
ONDE OBTER : coalhada, iogurte, missô, yakult e similares

6. MEMÓRIA RUIM.
O QUE ESTÁ FALTANDO : acetil colina, inositol.
ONDE OBTER : lecitina de soja, gema de ovo + suplementos

7. HIPOTIREOIDISMO. (PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE)
O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo.
ONDE OBTER : algas marinhas, cenoura, óleo, pêra, abacaxi, peixes de água salgada e sal marinho.

8. CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS.
O QUE ESTÁ FALTANDO : colágeno.
ONDE OBTER : peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos

9. FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR.
O QUE ESTÁ FALTANDO : vitaminas A, C, e E e ferro.
ONDE OBTER : verduras, frutas, carnes magras e suplementos

10. COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS.
O QUE ESTÁ FALTANDO : Ômega 3 e 6
ONDE OBTER : sardinha, salmão, abacate, azeite de oliva

Cozinhe a seu favor...
-Evite a ingestão de queijos e carnes gordas e frituras. A gordura acelera o processo de oxidação dos alimentos.
-Cozinhe os alimentos no vapor ou até 100ºC, pois muito calor também oxida os alimentos.
-Evite utensílios de alumínio; os resíduos desse metal são tóxicos e podem ficar nos alimentos.
-Preferir panelas de vidro ou antiaderentes.
-Em hipótese alguma, aqueça os seus alimentos em embalagens e recipientes de plástico no microondas.



TOP