Alimentos especiais
Alimentos especiais
 

Sardinha
Rica em proteínas e em minerais essenciais, como magnésio, ferro e selênio, que têm ação anti cancerígena, a sardinha é capaz de ajudar o organismo a liberar o mercúrio. Segundo o especialista em ciência e tecnologia dos alimentos Luiz Henrique Beirão, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ela contém ácido gordo ômega-3 em quantidades que não deixam nada a desejar a parentes estrangeiros, como o salmão, que levam a fama de serem as melhores fontes da substância. 
As sardinhas devem ser preservadas no próprio óleo ou em azeite, quando não puderem ser consumidas frescas. 

Repolho
As folhas de repolho contêm grandes concentrações de substâncias antioxidantes e anti cancerígenas, chamadas de indoles e sulforafanos. Uma pesquisa da Universidade de Stanford, nos EUA, apontou que o sulforafano é a substância química encontrada em plantas que mais eleva o nível de enzimas anti-cancerígenas no organismo. Além destas qualidades, ele também se destaca como fonte de vitamina C e também fornece vitaminas B1, B2, E e K, além de sais minerais como potássio, cálcio, fósforo, sódio, enxofre e ferro. 



Folha de beterraba
Geralmente não é consumida, A folha de beterraba é rica em vitaminas, minerais e antioxidantes. Contém carotenóides, pigmento natural dos vegetais que ajuda a proteger os olhos contra o envelhecimento. A beterraba em si também é um dos alimentos mais ricos que existem. As folhas podem ser comidas cruas na salada ou refogadas, como o espinafre. 




Açaí
Em suco ou misturado à comida, como é feito no norte do Brasil, o açaí é uma das frutas com maior concentração de antioxidantes. Também é rica em gorduras mono-insaturadas e poli-insaturadas, que são benéficas e auxiliam na redução do colesterol mau e na prevenção de doenças cardíacas.. 





Goiaba
Rica em fibras, minerais e vitaminas a goiaba também possui grandes quantidades de licopeno, o mais antioxidante entre todos os carotenóides. O licopeno auxilia na prevenção do cancro da próstata e reduz os riscos de surgimento de cataratas e doenças cardiovasculares. 




Cereja fresca: a cereja fresca tem altas concentrações de antocianina, um antiinflamatório natural. Deve ser comida ao natural ou misturada com iogurte natural ou vitaminas. 





Chocolate meio-amargo +- 80% de cacau: o chocolate meio-amargo é rico em flavonóides, que diminuem a pressão sanguínea e promovem o bom funcionamento do sistema circulatório, tem altas concentrações de magnésio, um mineral importante para mais de 300 processos biológicos do organismo. 









Frutas
oleaginosas: basicamente são as castanhas, as nozes e as amêndoas. Todas trazem inúmeros benefícios, apesar do elevado teor calórico. Possuem muitos minerais, proteínas e altos níveis de Ómega 3 e Ómega 9. 










Canela
A canela ajuda a controlar o nível de açúcar e de colesterol no sangue, o que previne o risco de doenças cardíacas. Para usufruir dos benefícios da especiaria, basta polvilhar um pouco de canela em pó no café ou no cereal matinal. 





Semente de abóbora
É uma grande fonte de magnésio. Esse mineral é tão importante que estudiosos franceses concluíram que homens com altas taxas de magnésio no sangue têm 40% menos chances de sofrer uma morte prematura do que aqueles com baixos índices. Para consumi-las, toste-as no forno e coma-as por inteiro, inclusive com a casca, que é rica em fibras.

Fonte da notícia: REvista saúde
Data da publicação: 14/10/2014
Comentários

Faça um comentário




TOP